Dia Mundial do Rádio - Confira dados sobre esse meio de comunicação

consumidor comportamento

Alline Silva

04 de Fevereiro de 2022

Por Aline Silva

Nos dias atuais, rádio e web andam juntos, e é essa uma das maneiras de mensurar a audiência e descrevê-la.

Na Rádio Independente, onde atuo como radialista desde 2006, houve uma enorme revolução com a chegada da internet como amplificador das ondas tradicionais do rádio. A década de 2010 é marcada pela ampliação da cobertura jornalística. Nasce o Núcleo de Web, a partir do qual é feita a convergência do rádio para o meio digital. Com isso, a emissora passa a produzir conteúdo multimídia, com o site agregando textos, fotos, vídeos e áudios. Também com os aplicativos e as redes sociais, a informação migra e se adapta em diferentes plataformas para chegar ao público.

Atualmente, a emissora possui dois canais de rádio disponíveis, AM 950 e FM 91.7. O FM foi adquirido em 2017, o que tornou a Independente a única emissora do interior do Rio Grande do Sul nessa condição.

Dessa forma, seu sinal abrange as cidades dos Vales do Taquari e Rio Pardo, bem como da Região Metropolitana e Serra Gaúcha, o que representa cerca de 2,5 milhões de pessoas.

Já o portal Independente.com.br tem média mensal de mais de 2 milhões de acessos.

Pesquisa

Ao contrário do que muitos imaginam, o consumo de conteúdo via rádio aumentou no último ano, mesmo com tantas opções. É o que aponta o estudo Inside Radio 2021, da Kantar IBOPE Media, realizado em treze regiões metropolitanas do Brasil. 

O levantamento mostra que 80% da população dessas regiões ouvem rádio. E que, mesmo aumentando a audiência das rádios pelo celular, as pessoas preferem escutar no aparelho de rádio tradicional. Além disso, os dados revelam ainda que 71% escutam em casa. Mesmo com o surgimento de outras mídias, a rádio permanece sendo a mais popular.

Comemoração

Enquanto o rádio tem um dia comemorado em todo o mundo no mês de fevereiro, no Brasil é em 25 de setembro, data em que nasceu Edgard Roquette Pinto, precursor da radiodifusão no país. Foi ele quem fez a primeira transmissão, via rádio, no dia 7 de setembro de 1922, durante comemoração dos 100 anos da independência do país.

Roquette Pinto também criou a primeira estação de rádio brasileira, a Rádio Sociedade, no Rio de Janeiro, em 1923. Treze anos mais tarde, a emissora foi cedida ao governo e virou a Rádio MEC, hoje comandada pela empresa pública EBC, Empresa Brasil de Comunicação. 

consumidor comportamento
Escrito por Alline Silva